Sua postura está correta? Confira 7 problemas causados por uma má postura e como evitá-los!

Tempo de leitura: 3 minutos

Dores nas costas, desequilíbrio, dificuldade para dormir, barriguinha saliente… Identificou-se com algum desses?

Essas são queixas muito comuns para diferentes pessoas. Isso porque eles tem uma causa em comum: a postura incorreta. Uma má postura pode trazer diversos prejuízos para a saúde global do indivíduo que vão muito além da questão física.

Neste texto vamos mostrar alguns problemas comuns causados pela má postura e soluções para promover uma boa postura. Confira:

7 problemas decorrentes de uma má postura

1. Abdômen protuberante

Em pessoas que tem uma postura curvada para frente, o abdômen acaba ficando flácido e é projetado para frente, causando a famosa “barriga saliente”.

2. Dores na coluna

Independente de como a má postura se manifesta, as dores na coluna são um dos maiores problemas causados por um desvio postural. Elas aparecem tanto na região central, quanto superior e lombar, causando incômodo e queimação.

3. Aumenta o risco de lesões

A má postura faz com que a distribuição de peso pelo corpo aconteça de forma desigual, além de provocar desequilíbrio. Esses dois fatores aumentam o risco de lesões em atividades que, quando praticadas com uma boa postura, dificilmente aconteceriam.

4. Desvios posturais

Uma má postura pode provocar a acentuação das curvaturas da coluna, surgimento de novas curvaturas ou mesmo a minimização dessas curvas. Todos esses desvios da coluna podem provocar problemas como escoliose, hipercifose e hiperlordose, trazendo dores e prejudicando outros membros.

5. Hérnia de disco

Como já falamos, uma postura ruim provoca o desalinhamento da coluna, provocando lesões que podem evoluir para complicações mais sérias. Um desses casos é a hérnia de disco, um problema que não tem cura e tem como causa primária a má postura.

6. Aceleração da fadiga

A postura incorreta também faz com que haja sobrecarga de estruturas ósseas e musculares, o que contribui para a aceleração da fadiga.

7. Desequilíbrio

Uma má postura causa diversas alterações que fazem com que o corpo esteja fora do seu estado ideal de equilíbrio. Como consequência, todos os membros são afetados, já que um desvio de postura afeta toda a recrutação de membros, provoca lesões e faz com que o peso seja distribuído de forma desigual.

Como melhorar a postura?

Se uma má postura traz diversos prejuízos para a saúde global, o contrário também é verdadeiro. Uma boa postura promove disposição, boa aparência estética, equilíbrio corporal e, portanto, um bom funcionamento do corpo.

Mas como manter uma boa postura? Algumas dicas são:

1. Mantenha uma boa posição ao dormir

Ao dormir, mantenha seu pescoço alinhado à coluna, dando preferência à posição lateral. Tenha um colchão firme e use um travesseiro de altura confortável — nem tão alto, nem tão baixo.

2. Melhore seu ambiente de trabalho

Seu ambiente de trabalho é onde você passa grande parte do seu tempo, certo? Assim, ele deve estar apropriado para que você execute suas atividades com uma boa postura. Assim, se você trabalha sentado, pode usar equipamentos ergonômicos, como suporte para notebook, cadeira ergonômica e apoio para os pés. Além disso, faça pequenas pausas para se levantar e alongar durante o expediente.

3. Trabalhe sua consciência corporal

Ter mais consciência de seu próprio corpo e postura é fundamental. Assim, corrija-se ao longo do dia quando perceber que está curvado, alterne o peso do corpo entre as pernas, faça pequenas pausas para alongamento etc. Essas pequenas atitudes fazem toda a diferença ao longo do tempo.

4. Recorra ao RPG

O método RPG (Reeducação Postural Global) atua diretamente sobre a postura por meio de exercícios de alongamento e fortalecimento da musculatura, trazendo consequências positivas para o equilíbrio do corpo.

Outro método que promove boa postura e ainda contribui para a capacidade respiratória é o Low Pressure Fitness ou Técnica da Barriga Negativa. Em breve, iremos abordar, também, essa técnica!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *