Sem desculpas! 5 passos para conciliar trabalho e atividades físicas

Tempo de leitura: 3 minutos

Volta e meia nos pegamos criando mil desculpas para procrastinar e nos auto sabotar em relação à nossa saúde. E, na maioria das vezes, acabamos não conseguindo conciliar trabalho e atividades físicas.

Sempre priorizamos o trabalho, a família e o tempo livre, mas não colocamos os exercícios físicos dentre as prioridades da semana. Já falamos sobre a importância das atividades físicas na terceira idade. Mas, sabe aquela lista de benefícios que citamos lá? Pois é, eles valem para qualquer idade!

Por isso, vamos deixar de desculpas e aprender a colocar as atividades físicas de vez na rotina?

1 – Escolha um tipo de exercício físico que você goste

Não adianta você fazer musculação, por exemplo, porque todos os seus amigos fazem, se você não gosta desse tipo de exercício.

Se, toda vez que você tiver que ir para a academia e pensar “nossa, eu tenho mesmo que ir?”, enxergando como uma obrigação, rapidinho você vai abandoná-la.

Por isso, o ideal é escolher uma atividade física que seja prazerosa para você. Escolher um exercício que você goste, irá estimular os pensamentos positivos, fazendo com que o seu rendimento, no trabalho, seja maior e, acarretando em um desempenho mais satisfatório.

2 – Procure locais próximos de casa ou do trabalho

Da mesma forma, procure locais para o treino que sejam próximos de casa ou do trabalho.

Assim, você evita aquelas velhas desculpas de que está muito longe ou de que não terá tempo para chegar.

3 – Bloqueie na agenda o horário do treino

É importantíssimo que a forma como enxergamos o momento da práticas de atividades físicas mude e que ele comece a ser visto como um verdadeiro compromisso, como qualquer outro que temos durante a semana.

Por isso, se você marcou de ir a alguma aula ou à academia às 20h, mantenha-se fiel ao planejamento, considere esse horário como ocupado e não marque outros compromissos que possam conflitar com ele.

Se possível, disponibilize a sua agenda para os colegas de trabalho, com os horários de atividades já agendados, evitando que compromissos sejam marcados sem o seu consentimento.    

4 – Planeje o dia seguinte

Deixar a mochila com a roupa de treino e o tênis pronto, ajuda a não ter desculpa, no dia seguinte, e manter o compromisso de ir treinar. Principalmente, para quem decide fazer exercícios logo cedo, para não ter que se preocupar em não esquecer alguma coisa ou de acabar se atrasando.

Da mesma forma, é importante planejar qual será o melhor momento para a realização das atividades durante o dia, se logo cedo, durante o horário do almoço ou após o trabalho. Planejamento é tudo!

5 – Treine também durante viagens e férias

Por fim, por que não levar os treinos também para as viagens e férias?

Coloque sempre o tênis e a roupa de esporte na mala e aproveite para se exercitar na academia do hotel, caminhar pela cidade, correr pelas ruas ou em alguma praça próxima. De quebra, você ainda conhece um pouco mais o destino!

E, caso não dê para sair, é possível fazer alguns exercícios no próprio quarto, como: agachamentos, abdominais, flexões e polichinelos.

Viu que com jeitinho e um pouco de vontade dá pra conciliar a rotina corrida e as atividades físicas? E você, tem alguma outra dica para compartilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *